Acesso à informação
WEBMAIL
Natal

(84) 3215-2731

Mossoró

(84) 3312-3156

Você está aqui: Home » Notícias » Instalação de máquina marca contagem regressiva para funcionamento de CT mineral do RN

Instalação de máquina marca contagem regressiva para funcionamento de CT mineral do RN

Publicado em: 20/08/2018 10:45

campusCurraisNovosA instalação da Mini Planta Piloto de Flotação, nesta quarta-feira (15), no Centro de Tecnologia Mineral (CT Mineral) do IFRN, em Currais Novos, marca o primeiro passo de um caminho pioneiro na história da mineração no Rio Grande do Norte. “É um projeto grandioso do nosso IFRN com o objetivo de resgatar historicamente o setor mineral do estado. O apoio da nossa fundação estará na missão de contribuir para uma ampliação da economia através da educação. Nos sentimos honrados por estarmos nessa missão”, afirmou o professor Jairo José Santos, superintendente da Fundação de Apoio ao IFRN, que esta entre os parceiros do CT.

O Centro de Tecnologia Mineral (CT Mineral) foi concebido com o propósito de fornecer serviços tecnológicos e projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação no ramo da mineração. “A ideia é que o CT busque atender projetos de pesquisa e desenvolvimento e também possa criar soluções tecnológicas para atender demandas especificas do setor mineral”, disse João Teixeira, professor do IFRN e responsável pela implantação técnica do CT.

A instalação da máquina acontece em etapas, todas as fases estão sendo acompanhadas por uma equipe técnica que conta com um especialista vindo direto do Canadá. Jhonathan Liu conversou com a reportagem em ingles e explicou os processos de implantação do do equipamento, que será calibrado, ajustado e deverá entrar em pleno funcionamento ainda este mês. O processo também inclui a capacitação de uma equipe potiguar para operar a máquina.

Yuri Souza é técnico em mineração formado pelo IFRN e atualmente é bolsista da Funcern em apoio ao projeto. Ele explica que a máquina irá realizar um dimensionamento do processo de flotação, para fornecer aos pesquisadores dados que lhes permitam modelar e executar em escala industrial o processo de flotação, que é fisico-químico e visa separar diferentes tipos de minério. “O Seridó é uma região que tem um grande potencial mineral e ter um equipamento desse numa instituição de pesquisa é garantia de que empresários possam ter uma referencia para dimensionar suas necessidades para alavancar o setor industrial no estado”, explicou.

 Fundação Gorceix

Fundação Gorceix está, em parceria com a Funcern, dando apoio ao CT Mineral. É uma instituição filantrópica sem fins lucrativos, que apoia a  Escola de Minas de Ouro Preto. Destina-se a atividades de pesquisa científica, de assistência social, de educação, de cultura e de incentivo a atividades industriais da comunidade brasileira.

Fernando Gomes é diretor técnico do departamento de tecnologia em engenharia de mineração e metalurgia da Fundação Gorceix e esteve no Rio Grande do Norte para acompanhar o processo de instalação do CT. “Nossa parceria com a Funcer para apoiar o CT começou através do professor Joao Batista, que foi aluno da Escola de Minas. O que a Gorceix tem em mente com essa parceria é contribuir para o sucesso do empreendimento e cumprir com o papel de trabalhar com educação e formação de pessoal e formação de serviço de qualidade na área minero metalúrgica”, disse.